[Resenha] Veneno - Sarah Pinborough


Nome: Veneno
Autor (a): Sarah Pinborough
Editora: Única
Ano de lançamento: 2013
Número de páginas: 224
Onde comprar: Compare os preços!
Nota: 
Sexy, sarcástico e de prender a respiração! Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos! Não existe “Felizes para sempre”! Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia! Palavra da editora: Veneno é um livro tenro como uma maçã envenenada. Belo como os vilões costumam ser. Sarcástico como príncipes mimados. E sem finais felizes porque já estamos bastante crescidinhos! (E, ainda assim, é um dos finais mais chocantes da ficção atual!) Para fãs de séries de TV e histórias picantes e divertidas, Veneno é puro entretenimento! – Mariana Rolier
Era uma vez... nada disso, Veneno relata a história de Branca de Neve totalmente diferente das que já ouvimos falar ou das que já lemos. 
Branca de Neve é uma jovem garota de uma beleza invejável e de um coração bondoso. Ela é amanda por todos em seu reino menos é claro por Lilith, sua madrasta.
Logo que a rainha morreu, Lilith foi obrigada a se casar com o rei. E desde então não suportava ter que olhar para Branca de Neve, seu maior desejo era que ela se casasse e se mudasse para bem longe de seu reino. Lilith também odiava a ideia de ter que ser boa com o povo do reino, ela gostava que eles tivessem medo dela, ela se sentia bem com isso, era prazeroso.
Agora que todos já sabem o quanto que a rainha é má, risos. Ela se juntou com sua bisavó para jogar um feitiço em Branca de Neve, e só um beijo do verdadeiro amor poderia desfazer.
- Além da morte, a única coisa que dura para sempre é o amor verdadeiro.
Branca de Neve que vivia na casa dos anões, seus melhores amigos. Foi pega no último instante comendo aquela linda maçã vermelha, tentaram avisar só que já era tarde. Ela caiu no chão, gélida e sem respiração. Branca de Neve foi colocada em um caixão de vidro, e assim passa um bom tempo de sua vida ali, na companhia dos anões e de uma pessoa que foi parar ali totalmente por acaso. 
Você realmente precisa repensar em quem realmente é o vilão.

Veneno é um livro gostoso de se ler. É bem diferente dos contos que estamos acostumados a ver, a autora também misturou cenas de sexo à história. A leitura fluiu e rapidamente devorei o livro. Ainda acho que a Sarah deveria desenvolver mais a história, achei que em algumas partes ela deveria se aprofundar mais.
Gostei da mistura que ela fez com personagens de outros contos. Se encaixaram muito bem à história.  

Não tenho que reclamar em nada dessa edição da Editora Única, a capa está linda, a diagramação está impecável, a fonte está mais do que legível, resumindo, o livro está incrível/perfeito.
Depois que li Veneno quero me aventurar em outras histórias do gênero, pois ele me deixou realmente de queixo caído quando descobri o verdadeiro vilão. Se você gosta do gênero ficção, então leia Veneno. 

2 comentários:

  1. Esse livro parece ser interessante.

    http://inventyourhappiness.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
    Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
    Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
    PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
    seguindo e divulgando seu blog.
    Desejo-lhe muita saúde muita paz e grande felicidade, e também um Feliz-Natal.

    ResponderExcluir

Muito obrigado por comentar. Volte sempre!